ISAVIÇOSA Blog

Vivências em Bioconstrução na sede rural do ISAVIÇOSA

O ISAVIÇOSA programou duas vivências em Bioconstrução para este mês de maio. A primeira foi realizada no último sábado, dia 11. A próxima acontece no dia 18. As práticas propostas são construções de paredes de adobe e de pau a pique.
O objetivo das vivências é concluir a construção da cabana ecológica, iniciada a partir do curso de Bioarquitetura, realizado em novembro último. O curso, que teve duração de 4 dias, foi facilitado pela arquiteta e urbanista Gabriela Mendes, da Taipa Arquitetura. Confira abaixo algumas fotos da vivência. As do curso de novembro estão no facebook do ISAVIÇOSA. 
Se quiser participar da próxima vivência entre em contato conosco pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.







Crianças visitam Microbacia Escola para aulas práticas


No dia 2 de maio, a escola Passo a Passo, de Viçosa,  fez uma visita à Microbacia Escola, na sede rural do ISAVIÇOSA, para uma tarde de aulas práticas. 
Participaram da visita as turmas do 2º ano e 3º ano do ensino fundamental. 
A visita ao sítio teve o objetivo de complementar os projetos que as turmas estão estudando. O 2º ano estuda atualmente o Meio Ambiente: ambientes naturais e ambientes modificados. Já o 3º ano está pesquisando sobre as plantas e as partes que as compõem: folhas, caules, raízes etc
As professoras Ana Raquel e Ivalda acompanharam as turmas no passeio. Segundo elas, esse tipo de atividade, que chamam de aula prática, é fundamental no aprendizado das crianças, pois elas têm a oportunidade de vivenciar o que estão aprendendo, de sentir, de experimentar. Consideram muito importante a oportunidade de sair da sala de aula, do ambiente da escola, para que as crianças experimentem outros ambientes, para que tenham contato e aprendam sobre a natureza junto à natureza.






AmaGaia - 2o. Ciclo

AmaGaia - 2o. Ciclo
AmaGaia - Dimensão Social - fevereiro de 2013

 
De 26 de maio a 09 de junho acontece o segundo ciclo do Programa AmaGaia – Educação para o desenvolvimento de ecovilas na FLONA do Purus, Amazonas.
 
No primeiro ciclo, realizado de 17 de fevereiro a 03 de março, foram trabalhadas as dimensões Social e Econômica da sustentabilidade em Ecovilas. Os educadores foram John Croft, Edite Faganello, Taisa Mattos, Felipe Bannitz, Ana Carolina Beer Simas e Felipe Simas.
Saiba mais sobre a primeira fase em: http://www.amagaia2013.blogspot.com.br/
Para a segunda fase, já estão confirmados os educadores: May East, José Pacheco, Skye, Gabriela Mendes, Felipe e Ana Carolina Simas. Neste ciclo, serão trabalhadas as dimensões Ecológica e Visão de Mundo.
 
Dimensão ecológica – Questões ambientais globais e o contexto local na Floresta Nacional do Purus; causas e efeitos das mudanças climáticas, dependência do petróleo, pegada ecológica; florestania e conhecimentos tradicionais dos povos da floresta; abordagem de sistemas integrados para planejamento (Permacultura): co-criando em colaboração com a natureza; tecnologias apropriadas: construção ecológica, energia, água, gestão de resíduos e reciclagem; manejo sustentável de recursos florestais; segurança alimentar em comunidades isoladas na Amazônia; produção local de alimentos; agroecologia; agroflorestas.
 
Dimensão visão de mundo – tomada de consciência sobre a cultura local: visões de mundo de povos tradicionais da Amazônia e visões de mundo na Floresta Nacional do Purus; celebrando a diversidade cultural; dinâmica da espiral; reconexão com a natureza; ecologia profunda e alfabetização ecológica; saúde pessoal e planetária; concepção e experiências em relação à saúde na Floresta Nacional do Purus; espiritualidade socialmente engajada; visão holística e mudança de paradigmas; educação inclusiva para a sustentabilidade; jogos cooperativos.
 
O AmaGaia é baseado no currículo de Educação para o Design de Ecovilas(EDE), da Gaia Education - uma contribuição oficial para a Década de Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 das Nações Unidas. Gaia Education (Educação Gaia) é associada a Global Ecovillage Network (Rede Global de Ecovilas). 
 
Para saber mais sobre o AmaGaia, sobre a programação, os educadores, a comunidade e outras informações, visite: www.amagaia2013.blogspot.com e www.gaiaeducation.org

Notícias do primeiro ciclo do AmaGaia



Começou no dia 17 de fevereiro, e segue até o dia 03 de março, o primeiro ciclo do curso AmaGaia – Educação para Design de Ecovilas (EDE), na Amazônia. Neste primeiro ciclo, já foi trabalhada a dimensão Social e agora os participantes estão finalizando a dimensão Econômica. A previsão é de que o segundo ciclo aconteça no mês de maio, onde serão abordadas as dimensões Ecológica e Visão de Mundo. Saiba mais sobre o programa EDE em www.gaiaeducation.org e sobre o AmaGaia em www.amagaia2013.blogpot.com.br

Os primeiros dias do AmaGaia tem sido intensos na Vila Céu do Mapiá. A participação dos moradores supera as expectativas dos organizadores. Mais de 90 pessoas (a princípio era estimada a participação de 35 pessoas) tem participado das atividades, em todos os dias, além dos convidados de outras comunidades vizinhas e de instituições parceiras. 




A dimensão Social foi a primeira a ser trabalhada no AmaGaia. O australiano John Croft, criador da metodologia Dragon Dreaming (para saber mais veja www.dragondreaming.org) foi um dos educadores desse módulo.




Outra educadora que participou desta primeira fase foi Edite Faganello, facilitadora da Cultura da Cooperação, de Jogos Cooperativos e Processos participativos. 





Confira algumas imagens dos primeiros dias do AmaGaia: 
















Começou o AmaGaia


No último domingo, 17 de fevereiro, começou o AmaGaia – Educação para Design de Ecovilas na Amazônia. O programa - já realizado em diversos países, inclusive no Brasil em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília entre outras – acontece pela primeira vez na Amazônia.

O EDE (Educação para Desenvolvimento de Ecovilas) é oficialmente reconhecido como uma contribuição para a Década de Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014, das Nações Unidas. O Programa foi desenvolvido pela Gaia Education (Educação Gaia) que é associada à Global Ecovillage Network (Rede Global de Ecovilas). O EDE é oferecido atualmente em todos os continentes do planeta. Adaptado a cada realidade local, visa, de uma forma holística e participativa, inspirar e capacitar indivíduos para a construção de comunidades sustentáveis.

Confira, no mapa,  os programas de Educação Gaia certificados em todo o mundo:
Começou o AmaGaia
Fonte: EDE Curriculum 2012

O currículo do AmaGaia - nome que recebeu a versão amazônica do programa- é certificado pela Gaia Education, e foi especialmente planejado e adaptado para atender às demandas da região. Prentede capacitar a população e proporcionar uma oportunidade para que identifiquem ou desenvolvam soluções e alternativas para problemas e dificuldades locais, propondo e planejando ações, para que alcancem mais qualidade de vida com sustentabilidade, na floresta.

O local de realização do curso é a Vila Céu do Mapiá, localizada na Floresta Nacional do Purus, no município de Pauini, Amazonas. Uma comunidade intencional, às margens do igarapé Mapiá, a Vila Céu do Mapiá tem mais de 600 moradores e é o maior núcleo populacional da FLONA.

Além de moradores da Vila, representantes de comunidades vizinhas e convidados de instituições parceiras participarão do AmaGaia. O curso é promovido pelo Instituto Chico Mendes para a Conservação da Biodiversidade (ICMBio), como parte do Plano de Manejo da FLONA do Purus, para o fortalecimento e organização das comunidades através da capacitação em gestão socioambiental participativa.

O programa está sendo organizado e oferecido pelo Instituto Socioambiental de Viçosa (ISAVIÇOSA) e a Associação de Moradores da Vila Céu do Mapiá (AMVCM), em parceria com a Educação Gaia.  Tem o apoio do Instituto de Desenvolvimento Ambiental Raimundo Irineu Serra (IDARIS) e do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB).

A Roda da Sustentabilidade
Começou o AmaGaia O EDE é organizado como uma mandala que engloba as quatro dimensões fundamentais da experiência humana: Visão de Mundo, Ecológica, Social, e Econômica.  Cada uma destas quatro dimensões contém cinco módulos, somando vinte temas no total.  O currículo é um mapa, flexível e adaptável às condições e circunstâncias locais singulares.

O AmaGaia foi dividido em duas fases, com duração de duas semanas cada. Na primeira fase -  que começou no domingo, dia 17  de fevereiro, e irá até dia 03 de março - serão trabalhadas as dimensões Social e Econômica do programa EDE. No mês de maio, será a vez de trabalhar as dimensões Ecológica e Visão de Mundo.  Saiba mais sobre o programa EDE em http://www.gaiaeducation.org/

Os organizadores esperam que o AmaGaia seja uma oportunidade para  compartilhamento, trocas de experiências, inspiração e criatividade para a sustentabilidade comunitária na FLONA do Purus e região. Que os participantes vivenciem o curso com muita alegria e entusiasmo, e se sintam inspirados e capacitados para realizar a mudança que querem ver no mundo! Que possam celebrar a realização do AmaGaia como um marco de um tempo de colaboração e abundância nas comunidades envolvidas.